Programa de Pós-Graduação em História

Comissão de autoavaliação do PPGH

 

Composição da Comissão de Autoavaliação

Seguindo recomendações do relatório final do GT sobre a Autoavaliação dos PPG (Portaria CAPES 148/2-18) A Comissão de Autoavaliação do PPGH foi instituída na reunião da CEPG (Comissão de Ensino de Pós-Graduação) em novembro de 2019, constituindo-se de dois docentes permanentes, sendo um deles o coordenador do PPGH (Bruno Feitler), a docente Mariana Villaça, a profa. Visitante Patrícia Raffaini, um
representante discente e o representante dos TAE Ailton Lima. Institucionalizou-se assim diversas formas de autoavaliação existentes no programa desde a sua criação, como discussões nas próprias reuniões da CEPG e a aplicação de questionários a docentes, discentes e egressos.

 

Implantação e tratamento dos instrumentos de análise

A Comissão implantou os instrumentos iniciais de análise, que consistem em três questionários, direcionados aos egressos, aos discentes e aos docentes, a serem aplicados todos os anos ao fim do segundo semestre letivo. O objetivo dos formulários respondidos pelos egressos e pelos discentes, além do levantamento de suas trajetórias e produções, foi o de conhecer sua avaliação da qualidade do mestrado, destacando os pontos fortes e fracos do programa, incluindo a grade curricular, a oferta de disciplinas obrigatórias e eletivas, mini-cursos, a dinâmica de orientação, o funcionamento institucional, e também o próprio desempenho dos orientadores e mestrandos. Os dados fornecidos pelos egressos permitem ao programa acompanhar aspectos diversos como a inserção no mercado de trabalho, a trajetória acadêmica em universidades nacionais e internacionais, possibilitando, ainda, um contato frequente com os ex-alunos, agora aptos a novas trocas e parcerias.

O questionário para os docentes, também distribuído no final do segundo semestre letivo, se soma ao  levantamento de dados individuais feito pela coordenação. O objetivo desse instrumento em específico é promover uma  autorreflexão sobre o desempenho docente e uma avaliação coletiva do programa. A autorreflexão também é extensiva  ao único funcionário de nosso programa, que elabora, ao final do ano letivo, um relatório individual de avaliação.

Os dados de egressos, discentes e docentes, coletados por meio da plataforma virtual Google, são em seguida tratados pela Comissão de Autoavaliação, apresentados à CEPG e discutidos em um seminário de avaliação do programa, aberto a docentes, alunos e egressos. Essas ações de autoavaliação visam o levantamento permanente de dados para subsidiar a coordenação e a CEPG no sentido de construir um planejamento a curto e médio prazo, aprimorar as atividades formativas e o próprio Programa, avaliando a organicidade da proposta e das linhas de pesquisa, o desempenho na atuação e na produtividade docente e discente. Nesse sentido, o balanço realizado a partir desses instrumentos tem como meta propor quais ações são necessárias para a solução das fragilidades diagnosticadas.

Os formulários aplicados desde o final de 2019 tem obtido amplo retorno dos egressos, discentes e docentes, demonstrando um amplo engajamento dos mesmos no programa.

Universidade Federal de São Paulo - Unifesp 
EFLCH, Campus Guarulhos
Programa de Pós-Graduação em História
Estrada do Caminho Velho, 333 - Guarulhos - SP - 07252-312
Email: ppghistoria.eflch@gmail.com
Telefone: 5576-4848, ramal 6045

Coordenação: Ana Lúcia Lana Nemi (ana.nemi@unifesp.br) e Luís Filipe Silvério Lima (lfslima@unifesp.br)
Secretaria de Pós-Graduação: Vilma Gama da Silva Castro (vcastro@unifesp.br)

 

Sobre o portal | Comunicar erros no site