Programa de Pós-Graduação em História

O Programa

 

História e deslocamentos

Durante as reflexões levadas a cabo internamente nos últimos anos, o  conceito  de "deslocamento" mostrou-se relevante, capaz de articular as diversas pesquisas e nortear uma nova área de concentração para o Programa. Deslocamento, aqui, é entendido em suas múltiplas acepções e modulações, e, sobretudo, nas disputas que conformam o próprio conceito quando apropriado pela historiografia. Há um primeiro sentido mais evidente de movimento no espaço, que, no caso dos sujeitos (re)articula e ressignifica identidades ao longo desse percurso e, no caso de objetos (ou mercadorias), implica também em refletir sobre as apropriações desses objetos por diversas culturas e sociedades à medida que se deslocam. Ambos os casos propõem uma reflexão sobre as fronteiras e seus significados, e os territórios dessa circulação. Há também um sentido menos evidente, mas não por isso menos concreto, ao, por um lado, se pensar nos deslocamentos semânticos que ocorrem sincrônica e diacronicamente e são dados por disputas sociais e de linguagem, ou, por outro, nos efeitos materiais causados pelas mudanças dos discursos e das representações quando transpostos, apropriados e ressignificados em diferentes suportes e práticas culturais. Ao mesmo tempo, se deslocamento pressupõe circulação e movimento (de pessoas, coisas, ideias, palavras, processos, etc.), também indica, por sua antítese (e por conter o termo local na própria palavra), a ideia de adaptação, recriação, ressignificação, entre tantos outros processos que, a partir das condições existentes, retraduzem o que se movimenta diferenciado-o sempre a partir de sua nova localização. Consideramos que os registros sobre os quais nós historiadores nos debruçamos podem se expressar em distintos suportes e narrativas: podem ser códigos de conduta, regramentos jurídicos e /ou institucionais, imagens, objetos de cultura material, etc., que podem se deslocar no tempo e no espaço. Uma dialética entre o lugar e o mundo desafia o historiador a refinar seu olhar e a buscar diálogos e conflitos que podem gerar traduções locais e gerais. O Programa, assim reformulado, se propõe a valorizar esta dimensão problematizadora como unidade temática presente nas pesquisas de seus docentes, a qual se investe de maior sentido se pensada na nossa própria localização, vivendo diuturnamente deslocamentos de pessoas, saberes, produtos e conflitos, ora específicos desse lugar e ora conectados a expressões culturais de outros lugares, pretendemos dar conta dos deslocamentos que marcam a história da humanidade em múltiplas temporalidades e espaços.

A área de concentração História e deslocamentos desdobra-se em três linhas de pesquisa: Narrativas, deslocamentos e conexões; Normas, espaços e deslocamentos; Deslocamentos, trabalho e experiências. (Clique aqui para acessar o texto completo das linhas de pesquisa)

Universidade Federal de São Paulo - Unifesp 
EFLCH, Campus Guarulhos
Programa de Pós-Graduação em História
Estrada do Caminho Velho, 333 - Guarulhos - SP - 07252-312
Email: ppghistoria.eflch@gmail.com
Telefone: 5576-4848, ramal 6045

Coordenação: Ana Lúcia Lana Nemi (ana.nemi@unifesp.br) e Luís Filipe Silvério Lima (lfslima@unifesp.br)
Secretaria de Pós-Graduação: Vilma Gama da Silva Castro (vcastro@unifesp.br)

 

Sobre o portal | Comunicar erros no site